Câmara Municipal economiza mais de R$ 1,4 milhão em 2016

Câmara Municipal utilizou apenas 3,5% do orçamento. Nos últimos dois anos, a Câmara Municipal economizou mais de R$ 3 milhões.

Publicado em: 20 de dezembro de 2016

A Câmara Municipal de Tupã economizou mais de R$ 1,4 milhão durante o ano de 2016.  Por lei, o Poder Legislativo local pode requerer até 7% do orçamento do município, no entanto, aproximadamente de 4,5% foi requerido e desse percentual foi feita a economia. Dessa forma, a Câmara Municipal utilizou apenas 3,5% do orçamento.

A solenidade que marcou o repasse dos recursos contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Valter Moreno, do 1º secretário Caio Aoqui, do vereador Ricardo Raymundo e do secretário municipal de Finanças, Dorival Coquemala. Foram entregues dois cheques: um no valor de R$ 497.830,67 e outro de R$ 992 mil.

Nos últimos dois anos, a Câmara Municipal, na gestão do presidente Valter Moreno, 1º secretário Caio Aoqui e 2º secretário Luis Alves, com o apoio dos demais vereadores, economizou mais de R$ 3 milhões de recursos provenientes dos repasses constitucionais a que tinha direito. Em 2015, o Poder Legislativo economizou mais de R$ 1,4 milhão.

De acordo com a legislação em vigor, o montante do valor remanescente, que não foi gasto pela Câmara, deve retornar aos cofres da Prefeitura. “A compreensão dos vereadores foi louvável porque souberam segurar as finanças da Câmara Municipal. Essa devolução nos dá um fôlego para a folha de pagamento dos servidores. Muito obrigado”, agradeceu o secretário municipal de Finanças, Dorival Coquemela.

O vereador Caio Aoqui destacou o empenho dos vereadores, dos funcionários e dos parlamentares que fizeram parte comissões da Câmara Municipal. “O envolvimento de todos contribuiu para economia dos recursos do Poder Legislativo. Essa devolução ajudará as suprir as demandas e as dificuldades da Prefeitura”, disse.

Já o vereador Ricardo Raymundo, que foi presidente da Comissão de Orçamento e Finanças, parabenizou o trabalho do presidente Valter Moreno e dos vereadores. “A Comissão de Finanças procurou na renovação dos contratos enxugar o máximo possível dos custos. Essa economia beneficia o povo”, destacou.

No encerramento da solenidade, o presidente da Câmara Municipal, Valter Moreno, observou que o desempenho financeiro do Poder Legislativo foi positivo, pois foram economizados mais R$ 3 milhões nos dois últimos anos. “Tenho que agradecer os vereadores que compreenderam que era necessário economizar os recursos. Todos se uniram e trabalharam em prol desta economia. Fizemos aquilo que era necessário”, destacou. 


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email