Alexandre Scombatti defende liberação de 50% das contas ativas do FGTS

O vereador Alexandre Scombatti está solicitando ao governo federal que estude a liberação de 50% das contas ativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Publicado em: 04 de abril de 2017

Vereador apresentou indicação e encaminhou ofícios ao governo federal

 

Por meio de indicação aprovada pela Câmara Municipal, o vereador Alexandre Scombatti está solicitando ao governo federal que estude a liberação de 50% das contas ativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Para estimular a economia, o governo liberou apenas as contas inativas, que serão pagas no período de 10 de março a 14 de julho deste ano.

Segundo o vereador Alexandre Scombatti, a liberação das contas inativas do FGTS permitiu que milhões de brasileiros saíssem da crítica situação financeira na qual se encontravam, mediante a utilização de um recurso ao qual tinham direito, mas não podiam utilizar. “A liberação de 50% das contas ativas do FGTS a partir do segundo semestre poderia ajudar ainda mais as famílias brasileiras”, comentou.

Após ter a indicação nº 181/2017 aprovada por unanimidade pelos vereadores, Alexandre Scombatti encaminhou ofícios: ao presidente Michel Temer; ao presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira; ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; ao Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles; e ao presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi. “Encaminhamos também ofício ao deputado estadual Ricardo Madalena, na Assembleia Legislativa, solicitando o seu apoio e a sua valiosa intercessão junto às autoridades governamentais dos Poderes Executivo e Legislativo do Estado de São Paulo”, informou.

Para o vereador Alexandre Scombatti, a liberação de parte das contas ativas permitiria a milhões de outros trabalhadores contornarem o quadro crítico no qual se encontram, elevando a qualidade de vida das famílias e injetando considerável montante financeiro na economia nacional.


Publicado por: Assessoria de Comunicação

Cadastre-se e receba notícias em seu email