Vereador Paulo Henrique cobra solução para voos noturnos no Aeroporto Faria Lima em Tupã

A Câmara Municipal de Tupã aprovou o requerimento nº 12/2017, de autoria do vereador Paulo Henrique Andrade,.

Publicado em: 26 de maio de 2017

Operações de voos noturnos não são realizadas devido à falta de documentação junto a ANAC

 

A Câmara Municipal de Tupã aprovou o requerimento nº 12/2017, de autoria do vereador Paulo Henrique Andrade, que solicita esclarecimentos sobre a infraestrutura instalada para operações de VFR – Noturno (Voos Visuais Noturnos) no Aeroporto Estadual José Vicente Faria Lima. Ofícios serão encaminhados ao Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (DAESP).

Segundo o vereador Paulo Henrique, o Aeroporto de Tupã foi reformado e conta hoje com infraestrutura e todos os equipamentos para operações de VFR, entretanto, as operações de voos noturnos não são realizadas devido à falta de documentação junto a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), restando alguns ajustes de pista a serem executados pelo DAESP.

De acordo com Informações da ANAC, descritas no ofício nº 46/2016/GTOP/GCOP/SAI, encaminhado a este departamento, a agência informa que foram identificadas algumas irregularidades que impedem a alteração cadastral do Aeroporto José Vicente Faria Lima, na pista de pouso e decolagem e na pista de taxi, sendo que as luzes estão localizadas fora das distâncias padrão. As bases das luminárias do balizamento noturno encontravam-se desniveladas com o terreno, tanto nas cabeceiras da pista de pouso quanto nas laterais da pista de taxi.

O requerimento do vereador Paulo Henrique solicita esclarecimentos do DAESP com relação aos equipamentos instalados no Aeroporto de Tupã. Hoje, a iluminação é apenas acionada em voos de emergência. “Isso está trazendo um atraso para nossa região. Eu conheço empresários que têm aeronaves que reclamam dessa situação. Outros empresários da região da Alta Paulista que poderiam utilizar o aeroporto também deixam de realizar seus voos e pousos no período noturno”, explicou.

O vereador Paulo Henrique buscará apoio político nas esferas estadual e federal para solucionar o problema. “Ao resolver essa situação, tenho certeza que vamos agregar muito para nossa cidade e nossa região”, destacou.


Publicado por: Assessoria de Comunicação

Cadastre-se e receba notícias em seu email